domingo, 28 de setembro de 2008

Desencontro


Estranho como as coisas comecam. E mais estranho ainda eh como elas terminam. E nesse meio vai-e-num-volta a gente escuta cada coisa! Pensa que "entao eh assim que as pessoas nos veem?!?". Ok. Se passamos tal imagem, liga o foda-se pq nao souberam captar o que realmente importava. Eu nao me importo com opiniao alheia. Confesso que quando me convem.

Acho que era pra eu estar triste hj. Pois lacos foram desfeitos. Mas nao estou. Foi muito divertida a noite. Ri pra caramba. Senti uma coisa diferente. Talvez por nao ter possuido o que eu perdi.Se eu nao possui, como perdi? Dai que surgiram as risadas. Acho que dei muito valor pra essa coisa que achava que tive. Um namoro. Nao tive um namoro. Tao pouco sei o que tive. Mas foi bom, foi legal e foi muito engracado. Claro que deu certo. Ate ontem (eu acho). So nao digo que de mais. Nao sei de nossas reacoes e tormentos. A gente aprende muito quando se namora longe. Aprende a dar atencao a conta telefonica, a ficar mais tempo na net, a checar emails e orkut com muito mais frequncia, aprende que as promocoes de passagens aereas nunca sao tao satisfatorias quando precisamos. Claro! Tb aprendemos a olhar pro casal ao lado no cinema, a comer brigadeiro de colher sozinha, a assistir filmes melosos abracados com o cachorro...etc etc etc..

Nao sei quando, de fato, me perdi dele. Nao sei se ele ,de fato, sabe que me perdi. Mas eu sou uma pessoa que nao tem pacienca com namoros. Nao tolero muita picuinha. Nao aceito. E sou radical demais. Jogo pro alto. Faco nao valer a pena. So os loucos podem gostar de mim. Nao sou facil. Tenho um genio da porra e uma vida boemia. Pra que sofrer? Nao gosto de sentir ciumes, entao prefiro acabar com ele antes que ele acabe comigo.Simples assim. Viro pro lado no ar mais singelo de "E a vida continua...". Dai pensam que eu nao gostava do doido que namorou cmg. Claro que gostei! E ainda posso gostar (viu? POSSO! Num assumo tao facil). Mas eh o meu jeito de encarar as coisas. Isso se chama valvula de escape. Isso eh minha valvula. Isso em faz bem . Apesar de que, eh mais facil ainda qdo se namora longe... Vc quase nunca tem a cia do doido mesmo. Dai pensar que vai mudar muita coisa eh mais sarcastico ainda. Nao muda! Olha bem, eu nao estou falando que o que tive foi ruim. Foi otimo! Ali achei que vingaria. Daria tao certo que quase ficou "mais serio". Porem...mais uma vez eu nao tenho paciencia. Nem sapiencia para lidar com isso.
"Tive" o doido mais doido do mundo!rsrsrsrs.... Nao posso reclamar que eh uma pessoa muito boa, dificil de se encontrar por ai (por isso,acho eu, que fui tao longe encontra-lo). Com qualidades que poucos homens tem. Mas com um defeito que todos eles tem (ele eh homem ne!) e nao estou aqui para cita-lo.

Como a gente se conheceu? Nao importa! Foi legal. Foi bacana. Foi estranho e foi cena de filme! Ali, naquele aeroporto, pensei que ja tinha encontrado quem eu sempre procurava. De repente ainda eh. So que agora nao eh nosso momento.
Tenho que aprender muito pra continuar com uma relacao assim. E confesso que essa nao esta sendo a melhor hora.

2 comentários:

  1. Nem sei por onde começar. Só digo que de todos os posts desse blog, esse com certeza é o unico que nao poderia deixar de comentar.
    Não estou aqui para me desculpar ou me defender (até pq acho q nao tenho o pq, afinal eu nao fiz nada de errado), estou aqui apenas para complementar o post e dar a ele, quem sabe a outra versão desse desfeicho da história.
    Eu não sou bobo, claro que percebi, há uns 10 dias atrás que estava perdendo alguem que amava demais e que com certeza é insubstituivel na vida de qualquer um. Há 10 dias sofri, e muito, por perceber que ali estava acabando nosso namoro, ou seja la o que vivemos. Hoje não sofro. Não sei pq. Talvez por já estar conciente do que viria pela frente. Um namoro a distância não é facil e nao recomendo a ninguem. E para piorar, recentemente esse namoro sofreu um grande desgaste por motivos que agora ja nao importam mais.
    O que ficou disso tudo? Alem de quase 8 meses de sonhos, indo dormi imaginando estar com ela do lado?! Rezando para poder encontra-la pelo

    ResponderExcluir
  2. menos nos sonhos!? Dedicação e exclusividade máxima a ela (coisa que afirmo que ninguem jamais faria por alguem)?! Ficam na memória momentos inesqueciveis, desde um simples recado rotineiro no orkut, a longas conversas via msn, o poder viver e testemunhar um sentimento crescendo entre ambos independente da distanica, a imagem dela descendo as escadas do aeroporto e a vontade de chorar por nao acreditar que aquilo era verdade.
    As lagrimas nesse mesmo aeroporto ao ve-la indo embora. As incanssaveis busca por promoçoes de passagem, que endosso o que ja foi dito, nunca são o que queremos.
    Com certeza esse namoro foi diferente em todos os aspectos tanto para ela quanto para mim.
    Ficam então os momentos vividos, as fotos tiradas, os planos que pelo menos por enquanto serão adiados e a certeza de que o arrependimento não passou nem perto de mim!
    Se tivesse que viver tudo de novo!? Com a Sabrina com certeza viveria, nao pensaria 2 vezes. Com outra pessoa nao!
    A vida segue, nos encontraremos de novo? Nao sei, espero que sim. O amor ainda é o mesmo. Mas agora, espero pelo menos a mesma amizade, cumplicidade e companherismo de antes. Magoas ou rancor!? Jamais! Não dela! E espero que nem ela guarde isso de mim!
    Fui muito sincero em cada palavra que mencionei, só nao a amei mais por nao saber como. Do inicio ao fim, por mais disconfiança que haja, me mantive leal e fiel. Conheci pessoas maravilhosas que vivem ao redor da Sabrina e fico muito contente em hoje poder chama-las de amigas e espero que nao nos distanciemos tanto!
    Resumo de tudo isso: foi bom, otimo excepcional enquanto durou!
    E era isso, espero que nao tenha invadido demais o teu espaço. Só queria deixar esse registro.
    Bjos.

    ResponderExcluir

Antes de sair de Marte, tente uma comunicação!

Moon of the Day