sábado, 20 de setembro de 2008

"Estar feliz é não desejar o minuto seguinte, com medo que o dia se acabe"


Hj eu venho dizer com toda convicção do mundo que sou feliz! O quanto sou sortuda de estar nesse mundo. Mesmo cheio de coisas ruins. No meu mundo eu vejo as coisas boas. Não tenho do que reclamar. Hoje não. São sentimentos misturados, mas todos com essência boa. Tenho vontade de rir o dia todo e é isso que fiz. Mesmo com um tempo tão feio, chuva e vento frio como está SP. Pq isso me influencia. Porém ta sendo diferente. Me fez bem e eu andei na rua rindo. Chamei até atenção. Talvez pq as pessoas não estejam acostumadas a sorrir sem motivo aparente. Mas eu tenho motivo! Vários! O principal é que eu fiz valer a pena. Valer a pena pra mim. Nesse frenético encontro e desencontro de almas. Cada minuto aqui foi unico. Cada palavra ficou, embora ventos levem, essas foram fortes. Permaneceram. Imagens. Situações indescritiveis. Guardadas pra mim. Pq não tem como descrever, a gente não pode descrever sentimentos, senão eles se tornam simplórios e insignificantes. Adoro vir pra SP. Sempre. Toda vez encontro emoções diferentes. Ora boa, ora ruim. Mas com aprendizado imortal.
Música? Ai meu Deus! Tem! Tem música! E ela é linda! Ganha um sorriso Colgate meu e com direito a lágrimas nos olhos. Emocionalmente emocionada. Mais um trilha de sampa que levo.
Como se descreve momentos? Se tornaria simplório tb? Acho que não. Mas são bons. Família (leia-se gargalhadas,preguiça e pizza). Aquele fulano (leia-se mistérios, parceria e carinho). As palavras vão se tornando complicadas de se encaixar. Como eu uso "receio" no meio de tanta coisa boa? Como eu digo "voar" no meio de tanto pé no chão? Posso usar "sonho"? Não! Aí já seria mentira. No lugar, descobri que o que mais dá certo é Realidade. Aconchego. Vibração. Risos. Abraços. Cantadas (todos os taxis que utilizei!). Carinho. Atenção. Felicidade. Diversão. Fome (onde entra a pizza!).Desejo. Vontade de sair correndo e gritar. Pq minha paz está transbordando. Humor renovado. Cara! Como precisava disso! Descobri o que me faz bem. Mas tenho um preço a pagar. Tudo bem. Tenho cartão de crédito e posso dividir. Não falo de $ vivo não.
Eu posso? Posso. Foda-se. A vida é minha. Alguém lá em cima vai com a minha cara. E quer coisa melhor do que se sentir livre? Mesmo que seja por uma semana? Não! O que tenho comigo, não pode ser retratado, filmado. Levo comigo. Pra outra vida. Pra sempre.
Aqui me redescobri. Descobri como Bruno, Daniel e Matheus me fazem falta e que eles são mais importantes do que imaginava. Que Beto pode ter suas razões por algo. Que minha família paulista é meu seguro mesmo estando de longe. Que o Fulano pode ter atenção de um "mundarel" de tietes ( que até eu posso ser uma delas no ponto de vista dele. Foda-se), mas se ele não se importasse tanto, tinha me deixado comer mais e mais pizzas e nem ter feito forcinha pra me ver. É isso. A gente pode dar valor exagerado pras coisas e pessoas ao que na verdade é só essência. Porém se for isso, essa essência foi de baunilha. A minha preferida.

Desejo que cada ser humano tenha uma vida como a minha. Prepotência dizer isso? Não. Tô de desejando só coisas boas. Só sentimento puros, inocentes "a lá Punky a Levada da Breca".
Espero que eu tenha conseguido passar algo bom. Obrigada a todos que estiveram cmg aqui. A todos que participaram desses sentimentos unicos e sinceros. A felicidade plena. Ao sorriso, gargalhadas. Ao que me aqueceu no frio. Não só com cobertores. Mas tb com palavras e atitudes.
Ao que me aturou em sua casa. A que me fez procurar um predio que só reconhecemos de longe!.rsrsrs.

Super Agradecida! Isso vai pra sempre!
Bolinhas de sabão é algo que me deixa feliz por sempre me lembrar de infância. Nada como ser representada por ela.


P.S.: A música? "Collide"- Howie Day.

(Grácias por dar-me el video,Lá!)

6 comentários:

  1. Primaaa! Lindãão o blog o texto?? Mais aindaa!! *-* Perfeito, adorei. Pode deixar que sempre estarei passando por aqui. EEm, eu não sei como add o blog nos favoritos, depois vc me ensinaa? rs. Beijããão

    ResponderExcluir
  2. prima esse é meu perfil, é pq tava usando orkut, e uso com outra conta. Mas agora deu tudo certo, rsrs. Beijoo

    ResponderExcluir
  3. Como não se emocionar com tamanha poesia??? Minha Ruiva, nunca li palavras tão sinceras!!! Você é digna de aplausos!!! Vivas!!! Amo vc!!!

    ResponderExcluir
  4. Oi!Adorei seu texto! Poxa, uma verdadeira poesia!*-* Até me deu uma animada! Beijos e parabéns pelo texto XD!

    ResponderExcluir
  5. "Estar feliz é não desejar o minuto seguinte, com medo que o dia se acabe"

    esse título me fez pensar um pouco... pq era o que eu tbm achava até um tempo atrás... mas ultimamente eu tenho pensado diferente. A grande diferença entre ESTAR e SER.

    Ser feliz inclui ter fé e ser confiante. Portanto, quando se É FELIZ, também não desejamos o minuto seguinte. Mas também não nos opomos à ele. Pois sabemos que tudo tem seu tempo e lugar. E se um dia ESTIVERMOS tristes, isso é normal... mas a grande questão é que mesmo ESTANDO tristes, nunca deixamos de SERMOS felizes... pois ESTAR é uma condição... coisa que passa, que vem e vai... enquanto SER é uma constante. Somos o que somos e é isso o que nos define. Nossa essência.

    Viajei um pouco no seu título Sabrina...hahaha mas o que você achou? kkkkkkk

    depois visita o meu lá hein! (quando eu colocar coisas novas né... ultimamente ta uma paradeira! kkkkkk)

    bjos e novamente parabens pelo blog!

    ResponderExcluir

Antes de sair de Marte, tente uma comunicação!

Moon of the Day